dicas

14 dicas saudáveis para 2014

O ano começa e muita gente entra na onda das dietas radicais para perder os quilinhos acumulados durante 2013 todo ou na semana de fim de ano. Achar que a dieta da lua, dieta do ovo, dieta detox e outras dietas malucas vão fazer milagre da noite para o dia é um erro muito comum. Por isso reuni aqui no Saudáveis Receitas 14 dicas especiais para você começar 2014 com foco, mudar os seus hábitos alimentares e alcançar as suas metas.

Vamos lá!

1 – Aprenda a beber água na quantidade ideal.

Essa é a primeira e mais importante de todas as dicas saudáveis. Acredite, a água vai limpar, hidratar e seu organismo vai funcionar muito melhor. Portanto, não espere sentir sede.

Às vezes, a desidratação é confundida com fome, por isso, é importante estar hidratado para evitar comer em excesso. Muita gente, no entanto, não sabe qual deve ser a quantidade correta de água a ser ingerida diariamente. Afinal, este cálculo deve ser personalizado para que não aconteça um excesso, que poderia ser prejudicial à saúde. Para fazer o cálculo, você só precisa multiplicar 35 ml por seu peso corporal em kg.

Veja um exemplo de uma pessoa que pesa 70 kg: 35ml x 70kg = 2450 ml. Ou seja, podemos dizer que uma pessoa com aproximadamente 70 kg precisa beber de 2,5  a 3 litros de água por dia.

agua

2 – Diminua o consumo de sal

Uma pesquisa feita pela organização mundial de saúde mostra que os brasileiros consomem mais que o dobro da quantidade diária necessária e que o ideal para o consumo são apenas 5g de sal por dia.

O consumo  de sal em excesso resulta na retenção hídrica e celulite, aumento da pressão arterial, sonolência, apetite e elevação do peso corporal.

Para reduzir seu consumo, substitua temperos prontos pelos naturais (sal marinho do himalaia, curry, chimichurri, pimenta, orégano). Esses produtos, além de darem sabor ao alimento, são ricos em vitaminas, minerais e antioxidantes.

Também fique de olho no controle de gorduras e açúcares, que estão presentes na grande maioria dos alimentos industrializados, pois dão sabor e melhoram a textura dos alimentos.

3 – Aprenda a montar o seu prato

Ele deve conter 50% de vegetais crus e cozidos (alface, agrião, cenoura, abobrinha…) , 25% de carboidratos (arroz integral, massas integrais…)  e 25% de proteínas (peixe, carne bovina, frango e ovos).

prato_certo

 

4 – Consulte um nutricionista e um endócrinologista

Esses profissionais vão ajudar você a encontrar uma dieta ideal para o seu biotipo. Também vão orientar na reeducação da sua rotina alimentar. Aí sim você terá resultados reais e permanentes.

Dietas radicais podem até ter algum resultado imediato, mas as chances de você engordar tudo de novo e ganhar ainda mais peso é muito alta. Vai arriscar?

5 – Tome suco verde

O suco verde é uma ótima maneira de eliminar toxinas do corpo, diminuir a retenção hídrica e conseguir mais vitalidade física e mental. O suco verde contém ingredientes ideais para restaurar a energia do corpo, eliminando toxinas, fazendo com que o corpo funcione melhor. E o mais incrível: o suco ver até ajuda a emagrecer.

Veja aqui no Saudáveis Receitas como preparar um delicioso Skake Verde, que traz alguns desses benefícios e ainda é uma opção refrescante para o verão.

Suco verde

6 – Diminua o consumo do glúten

O glúten é uma proteína e está onde tem trigo, centeio, cevada e aveia. O alto consumo de glúten pode causar má digestão, inchaço e alergias, entre outras coisinhas chatas no organismo. É claro que cada um responde à sua maneira, mas reduzir o consumo de glúten é uma boa pedida para todo mundo.

Aqui no Saudáveis Receitas já temos algumas dicas de receitas sem glúten.

7 – Coma a cada 3 horas

Alimentar-se a cada 3 horas com pequenas e corretas refeições, adequadas em calorias e nutrientes é uma ótima estratégia para a manutenção e perda de peso. Essas refeições vão fazer você comer menos nas principais refeições e estimular o seu metabolismo. Bom para trabalhar, malhar e seguir seu dia a dia cheio de disposição.

8 – Diminua o consumo do açúcar

Para digerir o açúcar, o organismo “rouba” vitaminas e minerais de outros alimentos ou de reservas do próprio corpo. O açúcar refinado contém uma grande quantidade de calorias, que contribui para o acúmulo de gorduras, especialmente na barriga.

A maior parte do açúcar consumido está “escondido” em refrigerantes, sobremesas, cereais matinais e nas receitas doces. Por isso, evite este tipo de alimentação e sempre que possível troque o açúcar branco por açúcar mascavo, mel ou outro adoçante alternativo.

9 – Beba chá verde

O chá verde contém boas doses de cafeína (termogênico) e é um potente antioxidante, por ser composto de catequinas. Auxilia na redução de gordura corporal e abdominal, evita a depressão do sistema imunológico e melhora a regeneração celular. Consuma diariamente 4 xícaras de chá ou 2 cápsulas de 250mg cada.

10 – Aumente o consumo de termogênicos naturais

Eles elevam a temperatura corporal, o que faz o metabolismo trabalhar mais acelerado, aumentando o gasto calórico durante a digestão.  Também atuam oxidando as gorduras estocadas.

Os termogênicos naturais são: água gelada (de preferência com gelo), pimenta vermelha, chá verde, gengibre, erva mate, café (preto, puro e sem açúcar), vinagre de maçã, canela e cacau em pó.

pimenta

11- Consuma fibras

Pão integral, uva passa, barrinha de cereal (com mais de 3g de fibra e sem chocolate! ok? ) ajudam a controlar a saciedade: evitam aquela sensação de “gula” e “vontade de beliscar”.

Um carboidrato rico em fibras libera glicose vagarosamente no sangue, ao contrário de um pobre em fibras. Elas ajudam a evitar picos de insulina e acúmulo de gordura.

12 – Adicione gorduras boas

As gorduras poli e monoinsaturadas (oleaginosas, azeite de oliva, abacate) raramente se acumulam como gordura localizada, além de desempenharem papéis importantes, como a formação de hormônios e de nutriente para o cérebro.

Por serem calóricas, deve-se dar atenção às quantidades, que variam de acordo com as necessidades individuais. Faça um mix com: amendoim, amêndoas, castanha de caju, castanha-do -ará, macadâmia, avelã e pistache.

13 – Evite os refrigerantes

O refrigerante possui ingredientes que detonam qualquer dieta e oferecem riscos à saúde. Como açúcar ou adoçante (no caso dos light ou zero), que provocam a queima de vitaminas e minerais da dieta. Em excesso, o refrigerante aumenta as taxas de glicose e triglicerídeos.

Outro ingrediente perigoso é o ácido fosfórico. Ele reduz a absorção de cálcio, podendo comprometer a manutenção da massa óssea.

Além disso, refrigerantes são ricos em corantes, acidulantes, conservantes e possuem teor altíssimo de sódio, que causa retenção de líquidos, elimina cálcio e reduz a disponibilidade de magnésio na circulação, facilitando a formação de gordura corporal.

14 – E faça atividades fisícas

A atividade fisíca traz muitos benefícios tanto para a saúde física e mental; Melhora a sensação de bem-estar, reduz a fadiga e dá mais disposição para realizar as atividades diárias. Além do fortalecimento muscular, gera ganhos de massa magra, o que favorece o emagrecimento.

Exercite-se no minímo 3 vezes por semana para previnir doenças como: obesidade, osteoporose e diabetes.

Vale correr, patinar, malhar, pedalar… Você é quem manda (e manda a gordura embora!).

Agora você já sabe que o Saudáveis Receitas também tem dicas saudáveis. Pronto para começar o ano com as suas metas, muita força e disciplina?

Muita saúde e FELIZ ANO NOVO!

\o/ 

 

 

Fontes:

Terra Saúde

Lauren’s Latest!

2 Comentários

Deixe uma resposta