restaurantes

Les 3 Brasseurs: finalmente em São Paulo

Foi inaugurado em São Paulo o primeiro restaurante  da rede Les 3 Brasseurs no Brasil. O foco deles não está exatamente no que convencionamos chamar de alimentação saudável, mas um lugar que capricha nos pratos com frutos do mar e ainda produz diferentes tipos de cervejas artesanais, certamente merece destaque aqui no Saudáveis Receitas.

Les 3 Brasseurs significa “Os 3 mestres cervejeiros”, nome que remete aos 3 fundadores de uma importante cervejaria francesa. Mas como uma cervejaria se tornou um restaurante?  A história, contada no site brasileiro do Les 3 Brasseurs, é que em 1986, os herdeiros desses cervejeiros resolveram criar um restaurante que combinasse bons pratos com cervejas artesanais produzidas no local, ali mesmo, na praça de La Gare, no centro de Lille, na França.

Chega de história e vamos ao que interessa.

les 3 brasseurs 2

O Les 3 Brasseurs de São Paulo produz hoje 4 cervejas, que se enquadram nas principais categorias do mercado:

– BLONDE – Pilsen

– BLANCHE – Trigo

– AMBRÉE – Red Ale

– ITAIM – Pale Ale

Essa última foi batizada em homenagem ao bairro que recebe a primeira unidade do Les 3 Brasseurs no Brasil, o Itaim Bibi.

Além dos rótulos citados acima, servidos em canecos de chopp que chegam a 1 litro, o Les 3 Brasseurs também oferece aos clientes a possibilidade de pedir grandes e largas torres de cerveja, com diversas capacidades.

les 3 brasseurs 3b sao paulo
Lado a lado, um exemplar da Blonde e um da Ambrée. Só pra rimar com 3B.

Na minha primeira visita ao Les 3 Braseurs, experimentei um caneco de cada, mas por ser fã de cervejas de trigo, gostei mais da Blanche, que possui sabor e aspecto exatamente como descritos no cardápio: “leve e refrescante, levemente ácida e naturalmente turva”. Sem dúvidas mereceu as premiações que são citadas também no cardápio.

– Medalha de ouro no mundial da cerveja de Montreal, em 2006.

– Forquete de ouro no museu francês da cervejaria em 2011.

Cerveja artesanal é mais saudável

Simples assim: as cervejas artesanais possuem menos conservantes, acidulantes e corantes. Pois seu objetivo é agradar ao paladar de quem entende do assunto, e não vender aos milhões com comerciais de TV de gosto duvidoso. Sem falar que se você consome cerveja artesanal, é provável que beba menos do que alguém viciado em Skol, por exemplo, uma “cerveja” que mais parece um suco ralo de milho, feita para ser realmente sem sabor e tomada “estupidamente gelada”, uma após a outra, ao infinito e além.

Culinária francesa com toque brasileiro

No Les 3 Brasseurs, não é a cerveja que acompanha a comida, e sim a comida que acompanha a cerveja. Mas nem por isso a preocupação com os pratos é inferior.

Uma das opções mais clássicas da casa é a Cassarola de Pescador (Não seria caçarola? acho que se esqueceram de dar uma revisada na gramática), que leva salmão, atum, camarões, polvo, tainha com molho de peixe, croutons, ementhal e rouille. Esse último, uma espécie de patê característico da culinária francesa, à base de alho, pimenta, azeite e oliva, açafrão e um tipo de farinha de rosca.

Gostei do sabor, principalmente do caldo da caçarola, mas seu tamanho é muito francês pro meu gosto. Não que a quantidade de frutos do mar seja pequena demais, é até justa, mas o prato acompanha somente uma porção mixuruca de mini-torradas e molhos. Molho pra que, com aquele tanto de caldo e nada seco por perto? Pra tentar salvar pedi um pão, mas não adiantou. O ideal mesmo é que passe a vir naturalmente acompanhado de arroz branco, por exemplo.

O cardápio é variado

Mas a seção de frutos do mar tem diversas outras opções, como filé de salmão, mexilhões ao vinho branco e atum em crosta de gergelim. Vegetarianos também tem vez no Les 3 Brasseurs, em muitas opções de massas, saladas e tábuas de frios.

O lado “Outback” do Les 3 Brasseurs se revela na parte carnívora do cardápio, mas com a característica gourmet da culinária francesa, em pratos com costela, picanha e até pato cozido.

Além da Cassarola do Pescador, pedi também uma porção de carne seca na chapa. Pela apresentação da carne, que vem desfiada, percebe-se que a culinária nordestina não é mesmo o foco da casa.

Lembra que falei lá segundo parágrafo que a proposta dos criadores do restaurante era combinar cervejas artesanais com pratos de qualidade? Bom, até hoje eles não se esqueceram disso. No Les 3 Brasseurs, todos os pratos do cardápio, até mesmo as saladas, indicam qual é o tipo de cerveja ideal para acompanhar, entre as 4 produzidas no restaurante.

O que espera pelo Les 3 Brasseurs

Conheço muitos bares e restaurantes que começaram bem, cheios de virtudes, e depois, com os clientes conquistados, a coisa desandou. Tem também os exemplos contrários, de lugares que lotam cada vez mais, como o próprio Outback, que pode vender banana assada com barbecue azedo, que ainda assim hordas de adolescentes famintos estarão se empurrando pra conseguir pegar aquele troço que vibra depois de horas de espera.

A esperança é o que Les 3 Brasseurs se mantenha assim, longe das filas e do mau atendimento que acaba por se tornar característica das grandes redes no Brasil.

Endereço: Rua Jesuíno Arruda, 470 Itaim Bibi – São Paulo – SP

Por enquanto só tem em São Paulo mesmo, mas, segundo os funcionários, o Les 3 Brasseurs, vulgo 3B, tem planos de abrir unidades em Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro.

Faminto por natureza e apaixonado pela baixa gastronomia, em busca de formas mais saudáveis de saciar o apetite.

Deixe uma resposta